Diz não às palhinhas de plástico, diz sim às reutilizáveis

Diz não às palhinhas de plástico, diz sim às reutilizáveis

Hoje, dia 3 de Fevereiro, é celebrado o Dia Internacional Sem Palhinha. O movimento teve origem em 2011, na Califórnia, quando Jackie Nunez se sentou numa esplanada na praia de Santa Cruz, EUA, e recebeu um copo de água com gelo, e uma palhinha que não pediu. Esse foi o seu momento “esta é a minha última palhinha de plástico”. Só nos Estados Unidos, onde vive cerca de 5% da população mundial são utilizadas cerca de 500 milhões de palhinhas de plástico… por dia! De acordo com o site My Last Straw, criado por Jackie, o consumo americano equivale a encher o estádio dos Yankees com palhinhas nove vezes por ano. 

O problema destes tubinhos de plástico é o facto de não serem biodegradáveis, o que significa que ao longo de vários anos e por acção do calor do sol vão encolhendo até se tornarem pequenos o suficiente para ficarem presos ou para serem ingeridos por peixes e outros animais. Relembramos que em 2015 circulou um vídeo de uma equipa de biólogos a retirar uma palhinha de plástico do nariz de uma tartaruga marinha…. A boa notícia é que existe solução para este problema e não começa pela proibição do uso de palhinhas mas sim pelo simples ato de dizer “não”. A não ser pessoas doentes e sem capacidade de se alimentarem de outra forma a não ser pela palhinha, todas as outras pessoas podem recusar o uso e a compra destes objetos de plástico. E ainda que as palhinhas representem uma parte do plástico que vai parar às praias e aos oceanos, os sacos de plástico, as garrafas e os balões também fazem parte do problema e, mais uma vez, a regra do “recusar” também se aplica aqui.  

We rounded-up 10 funny reusable grocery bags. If you're going to show the world how eco-friendly you are, show them you've got a sense of humor too.(Imagem retirada do pinterest)

Na Europa, estima-se que sejam gerados cerca de 25 milhões de toneladas de resíduos de plástico, dos quais menos de 30% vão para a reciclagem. Além disso, os plásticos constituem 85% do lixo encontrado nas praias de todo o mundo. Damos-te agora algumas dicas do que podes fazer para evitar o consumo destes e outros produtos de plástico:

 

Restaurantes e bares

Tal como foi dito antes, quando pedes uma bebida num restaurante ou num bar, diz expressamente que não queres palhinha de plástico. Em alternativa, e se queres mesmo usá-la, pergunta no local se têm palhinha biodegradável de papel. É uma óptima alternativa e já estás a contribuir para o não consumo das de plástico.

 

Festas da família e amigos

Nestas festas há sempre demasiadas pessoas para o número de pratos, talheres e copos que tens em casa. Além disso é muito mais cómodo comprar tudo de plástico e, no fim, deitar tudo num saco do lixo (de plástico), certo? O problema é que este saco e respetivo conteúdo muitas vezes não acabam na reciclagem e com isso já estás a contribuir para a poluição das praias que tanto gostas de frequentar no Verão… Temos duas soluções para ti:

  • Compras os utensílios que precisas em plástico reutilizável (até costumam ter em várias cores o que dá um ambiente mais divertido à tua mesa), ou em inox. Vais ter o trabalho de os lavar e limpar no fim? Sim. Mas não estás a contribuir para fazer das praias uma autêntica lixeira. Além disso, vais estar a poupar dinheiro, já que podes voltar a utilizar estes utensílios as vezes que quiseres noutras festas ou até mesmo quando fores acampar.
  • Pedes a outros membros da festa que levem os pratos, copos e talheres que te faltam. Na nossa casa casa fazemos isto a toda a hora. Na maior parte das vezes os nossos amigos gostam de ajudar, e não temos de gastar dinheiro em pratos ou utensílios descartáveis. Ah e claro, é outra forma de ser lixo zero!

 

Festas de aniversário

Nestas festas, por norma, tudo é de plástico: os pratos, os copos, os talheres (quando os há), as taças dos doces e dos bolos, as toalhas de mesa, os balões, os saquinhos das recordações (no caso das festinhas dos miúdos)… enfim, plástico everywhere. As soluções que apresentámos no ponto anterior também são igualmente válidas aqui, e acrescentamos ainda as seguintes:

  • Há toalhas de mesa à venda que também são de plástico reutilizável. A grande vantagem é que são super simples de limpar e estão prontas para uma próxima festa!

lanternas de papel

  • Em alternativa aos balões, podes usar lanternas de papel. São giras e podes encontrá-las em várias cores! Estas são da Pippa’s Cakes e estão disponíveis em 9 cores. Podes também usar bandeirolas de papel. E não te esqueças de as colocar na reciclagem quando já não servirem. Dica bónus: podes passar estas decorações entre a tua família e amigos. Poupam na carteira e maximizam a vida destas decorações!

 

Amigos fumadores

Pessoas, se há coisa que irrita é ver alguém atirar beatas (e não só) para o chão… Eis algumas dicas que podem seguir:

  • Se fumam na rua, apaguem a beata com a sola do sapato e metam-na no caixote do lixo mais próximo que encontrarem. 
  • Para quem trabalha e vai à rua fumar, é comum haver postes próprios (estilo caixote do lixo) onde podem apagar o cigarro e deitá-lo para o lixo. Não precisam de o deitar no chão.

Car Travel LED Blue Light Cigarette Ashtray Portable Holder Cup Silver

(Imagem retirada do pinterest)

  • Se fumam no carro, não deitem a beata pela janela fora. Isto porque além dela ir parar ao chão, vocês não sabem quem pode vir imediatamente atrás de vocês: um carro também de janela aberta ou uma mota. A maioria dos carros tem cinzeiro mesmo para que os fumadores possam guardar as cinzas e as beatas dos cigarros e, para os que não têm, podem arranjar um copinho (todos os carros têm sítio para guardar copos de bebidas), por exemplo uma lata de bebida que já acabou e que querem reutilizar, que podem encher com um pouco de areia e têm sempre um cinzeiro ao vosso dispor.
  • Nas praias já existem cones de plástico disponíveis para os fumadores não terem de deitar as beatas no chão. Utilizem-nas ou se não estiverem disponíveis, usem uma garrafa ou uma lata vazia para o mesmo efeito. No fim, não se esqueçam de deitar tudo no lixo.

 

Em casa

Por fim, e talvez o mais importante, são os teus hábitos em casa. Se começares a implementar algumas destas soluções em tua casa e no teu dia-a-dia, vais ver que se torna mais fácil transportares estas medidas para muitas outras situações em que  te encontrares.

Prep a few lunches + snacks for your week ahead & you'll eat better + actually save time! {Copycat Starbucks Protein Bistro Box} . Pin it! http://cleanfoodcrush.com/protein-bistro-boxes/ . These little bento/bistro boxes are great for kids, & their moms! I used glass containers because I love the way glass stores food...but use what you have. :) Here are some ideas/options to get you going: 1 or 2 hard boiled eggs 2 Tbsp all-natural nut butter, OR hummus Celery sticks, snow peas, or carro...

(Imagem retirada do pinterest)

  • Evita comprar comida feita. Eu sei que é muito mais cómodo e por vezes compensa mais a nível financeiro. No entanto não é uma medida muito sustentável já que a comida costuma vir em caixas de plástico. Se fizeres comida em casa vais acabar por fazer uma quantidade que vai dar para o teu jantar e almoço do dia seguinte. E em vez de guardares em caixas de plástico, guarda antes em caixas de vidro.

Reusable bags—great way to start to save the environment! Thanks @liag for the inspiration!

(Imagem retirada do pinterest)

  • Quando fores ao supermercado, leva sacos contigo. Desde que os sacos de plástico começaram a ser pagos, as pessoas diminuiram de alguma forma o consumo destes itens. No entanto, há sempre aquela vez em que nos esquecemos por completo, ou não estávamos à espera de ter de ir fazer estas compras e não temos nada connosco. Aqui podes:
    • Andar com sacos a mais no carro do que aqueles que realmente costumas precisar. Assim se te esqueceres de repor os que usaste anteriormente, tens sempre pelo menos um de backup.
    • Há sacos de pano que se guardam numa bolinha pequena e que podem andar sempre contigo em qualquer lado. Meninas, especialmente vocês que andam com malas que parecem poços sem fundo, ter um saquinho destes na vossa mala é essencial.
    • Depois de arrumarem as vossas compras, podem colocar os sacos que usaram junto a algo que tenham de levar convosco para o carro obrigatoriamente, seja isso a carteira, os documentos ou mesmo as chaves do carro. Assim garantem que não se esquecem de os levar convosco e de os voltarem a por no carro.
    • Era bom que esta medida fosse aceite nas grandes superfícies comerciais, mas comprar comida a granel e levá-la em frasquinhos de vidro ou em sacos de papel (isto já se vê em mercados biológicos) é uma ideia excelente. Não só podem voltar a usar esses frascos e sacos, como estão a diminuir o consumo daqueles sacos de plástico fininhos em que se leva a fruta, por exemplo.
    • Por falar em sacos fininhos, se tiverem o cuidado de não os rasgar, podem utilizá-los por várias vezes quando vão às compras de legumes e frutas. 
  • E por fim, podem também comprar uma palhinha de aço inoxidável! Existem à venda na loja Pegada Verde por 3,50€. Estas palhinhas podem ser lavadas na máquina ou à mão com ajuda de uma escova (à venda na mesma loja por 2,50€). Em alternativa, podes ainda comprar um pack de 4 por 7,45€ na loja mind the trash com escova já incluida! Sabemos que é um investimento mas estas palhinhas podem durar anos! E não fazem lixo 😉

(Foto retirada da loja Pegada Verde)

 

Se quiseres aprender mais sobre a redução de lixo que produzimos podes visitar a pagina de Facebook Zero Waste Portugal ou a página de instagram @lixozeroportugal.

Trio



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *