Star Wars: The Rise of Skywalker Review

Star Wars: The Rise of Skywalker Review

O último filme da saga Star Wars, The Rise of Skywalker, representa um desfecho nostálgico de uma história que já acompanha muita gente desde da sua infância. Afinal, o primeiro filme desta saga estreou em 1977, há 42 anos, eu ainda não era nascida e o meu pai era um adolescente super entusiasmado de 16 anos por ir ver um dos primeiros filmes com uma “nova” tecnologia chamada efeitos especiais.

The latest Star Wars movie, The Rise of Skywalker, represents a nostalgic ending to a story that has been with many people since childhood. After all, the first movie in this saga premiered in 1977, 42 years ago, I was not yet born, and my father was a super-enthusiastic teenager of 16 years to go see one of the first films with a “new” technology called special effects.

Nessa altura os primeiros filmes do Star Wars fizeram uma legião de fãs e sinto que mais se juntaram ao longo dos vários episódios que foram saindo. O meu pai bem tentou incutir-me o gosto por estes filmes quando eu era mais nova, pedindo-me (ou melhor, aborrecendo-me) várias vezes para ver os filmes com ele. Lembro-me de ter concordado uma vez e de ter aguentado somente os primeiros 5 minutos do primeiro filme. Os grafismos eram tão… retardados? que os meus olhos pareciam não se adaptar! Uns bons anos mais tarde, outro rapaz aborreceu-me novamente… Sorte a minha, tinha arranjado um namorado tão doido quanto o meu pai por Star Wars! Nessa altura já consegui ver melhor, graças às mudanças na qualidade visual que fizeram em 2011. E pronto, depois dos episódios que contam a história do Darth Vader, também eu me tornei parte da legião.

At that time the first Star Wars films made a legion of fans and I feel like the legion became bigger and bigger over the course of several episodes. My father tried to instill in me a taste for these movies when I was younger, asking me (or rather annoying me) several times to watch the movies with him. I remember agreeing once and holding out only the first 5 minutes of the first movie. The graphics were so … retarded? that my eyes didn’t seem to fit! A few good years later, another boy bothered me again … Lucky for me, I had found a boyfriend as crazy as my father for Star Wars! By then I could see them all, thanks to the changes in visual quality that they made in 2011. And so, after the episodes that tell the story of Darth Vader, I too became part of the legion.

Portanto, não é de admirar que o último filme tenha estreado em Portugal ontem, dia 19 de Dezembro de 2019 e nós apenas conseguimos ir vê-lo porque estávamos de férias e fomos à sessão da tarde. As sessões após jantar já estavam esgotadas na maioria dos cinemas.

So it’s no wonder the last movie premiered in Portugal yesterday, December 19, 2019 and we just got to see it because we were on vacation and went to the afternoon session. After-dinner sessions were already sold out in most theaters.

O que podemos contar neste último filme? | What can we count on in this last movie?

Este filme conclui a história de Rey, a nova e única Jedi viva de momento. Nos primeiros dois filmes soubemos que Ben Solo ou Kylo Ren, filho da Leia e Han Solo, era um aprendiz de Jedi que foi sucumbindo para lado negro da Força e agora serve a Primeira Ordem, uma nova potência do mal. Luke Skywalker, seu tio, com vergonha de não ter conseguido inverter a situação decidiu fugir para uma ilha remota onde ninguém o pudesse encontrar, mas tudo muda quando Rey descobre que é sensível à Força e precisa de ser treinada para vir a ser Jedi e pôr fim ao controlo do Sith juntamente com a nova Resistência liderada por Leia. Sabemos que ambos Rey e Ben Solo têm dúvidas relativamente a que lado da Força é que eles realmente pertencem, apesar de ambos afirmarem o contrário e têm uma ligação muito poderosa um com o outro. Contudo, Rey esconde um passado sombrio, tendo medo de se lembrar dele ou de o perceber, não tendo qualquer informação de quem ela é e de onde vem todo o seu poder.

This movie concludes the story of Rey, the only new Jedi alive at the moment. In the first two films we learned that Ben Solo or Kylo Ren, son of Leia and Han Solo, was a Jedi apprentice who was succumbing to the dark side of the Force and now serves the First Order, a new power of evil. Luke Skywalker, his uncle, ashamed of not being able to reverse the situation decided to flee to a remote island where no one could find him, but everything changes when Rey discovers that he is sensitive to the Force and needs to be trained to become Jedi and put to an end the control of the Sith together with the new Resistance led by Leia. We know that both Rey and Ben Solo have doubts about which side of the Force they really belong to, although both claim otherwise and have a very powerful connection with each other. However, Rey hides a dark past, afraid to remember or notice him, having no information about who she is and where all of her power comes from.

Fotografia|Photograph: Allstar/Lucasfilm/Walt Disney Pictures

Neste último filme é respondido uma série de questões: Qual a verdadeira natureza de Rey? De onde é que ela vem, quem era a sua família e de onde vem todo o seu poder? Será que Ben Solo se tornará no novo Sith? No trailer ouvimos a voz do Imperador/Sith Lord Palpatine, se ele está vivo, como é que ele está? Será que a resistência consegue vencer novamente com tão poucos recursos? Será que a Rey vai ser a derradeira vilã desta história toda?

This last film answers a series of questions: What is Rey’s true nature? Where did she come from, who was her family, and where did all her power come from? Will Ben Solo become the new Sith? In the trailer we hear the voice of the Emperor/Sith Lord Palpatine, if he is alive, how is he? Can the resistance win again with so few resources? Will Rey be the ultimate villain in this whole story?

Fotografia|Photograph: Allstar/Lucasfilm/Walt Disney Pictures

São muitas perguntas para responder no último episódio e é por isso que há tanta ansiedade de se ir ver! Caso estejam curiosos, recomendo imenso ir ver o filme. A história tem uma reviravolta muito interessante que torna o caminho da nossa protagonista ainda mais incerto, e conta com vários momentos nostálgicos onde personagens antigas voltam a aparecer e dar o seu contributo para a história. No fim tenho a certeza que tanto os fãs de longa data, como os mais recentes vão ficar bastante agradados como tudo acaba… e talvez com uma pequena lágrima no canto do olho.

So many questions to answer in the last episode and that’s why there is so much anxiety to see! If you are curious, I highly recommend going to see the movie. The story has a very interesting twist that makes the path of our protagonist even more uncertain, and has several nostalgic moments where old characters reappear and make their contribution to the story. In the end I am sure that both longtime and newer fans will be quite pleased how it all ends … and maybe with a small tear in the corner of the eye.

Ainda não foste ver o filme? Então pára de ler aqui! Vai começar a haver spoiler a partir deste momento! | Haven’t you seen the movie yet? So stop reading here! There will be spoiler from this moment on!

O que achei do filme? | What were my thoughts?

Achei que jogaram, e muito bem, a carta nostálgica para este filme com personagens como Luke Skywalker e Han Solo a aparecerem novamente para guiar Rey e Ben Solo.
A parte emocional também estava presente no filme como a cena em que o Chewbacca tem conhecimento da morte de Leia. É de partir um pouquinho o coração, afinal ele já perdeu toda a gente com quem iniciou a batalha contra as forças negras. Primeiro o companheiro Han Solo, depois Luke e agora Leia.
Penso que a reviravolta de Rey ser neta do Palpatine também foi interessante, mas talvez um pouco repetitiva se analisarmos a história entre Darth Vader e Luke Skywalker. Duas pessoas que estão destinadas a ser Jedi mas têm uma afinidade natural para o lado negro da Força. Contudo, dou créditos, pois não era algo que estivesse à espera.
Por fim, não posso deixar de mencionar a maravilhosa banda sonora do filme, composta pelo (grande) John Williams que nos provoca arrepios constantes e que nos remete sempre para o início desta aventura que foi os primeiros filmes do Star Wars.

I thought they played, and very well, the nostalgic card for this movie with characters like Luke Skywalker and Han Solo appearing again to guide Rey and Ben Solo.
The emotional part was also present in the movie as the scene where Chewbacca is aware of Leia’s death. It is a little heartbreaking, after all he has lost everyone with whom he began the battle against the black forces. First fellow Han Solo, then Luke and now Leia.
I think the little twist in Rey being Palpatine’s granddaughter was also interesting, but maybe a little repetitive if we look at the story between Darth Vader and Luke Skywalker. Two people who are destined to be Jedi but have a natural affinity for the dark side of the Force. However, I give credit, because it was not something I was expecting.
Finally, I can’t fail to mention the wonderful soundtrack of the film, composed by (great) John Williams that causes us constant chills and always brings us to the beginning of this adventure that was the first films of Star Wars.

Fotografia|Photograph: Allstar/Lucasfilm/Walt Disney Pictures

 

Espero que vão ver o filme e depois comentem em baixo o qual foram as vossas opiniões! | I hope you will see the movie and then comment below what your thoughts on it!

Que a Força esteja sempre com vocês | May the Force be with you,

A.

P.S. Já subscreveste? Insere o teu e-mail e és notificado cada vez que temos novidades! Também estamos no instagram em @triodavidairada e no facebook.

P.S. Have you subscribed? Insert your email and you will be notified every time we have news! You can also follow us on Instagram @triodavidairada and on  facebook.



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *