5 mitos e 5 verdades sobre a ansiedade | 5 myths and 5 facts about anxiety

5 mitos e 5 verdades sobre a ansiedade | 5 myths and 5 facts about anxiety

Olá internet e bem-vindos a mais um post da ansiosa de serviço! Falar sobre ansiedade é um dos meus tópicos de paixão e o facto de ainda ser um assunto tão tabu e mal compreendido, só me ajuda a querer falar mais sobre isto. Ao longo dos anos e depois de muitas conversas com as pessoas que me rodeiam sobre a ansiedade, tenho recolhido algumas opiniões, suposições e crenças sobre a ansiedade, algumas engraçadas e outras…nem por isso. Mas a inspiração do post de hoje veio do meu podcast favorito, o ‘Not Another Anxiety Show‘. Quando estou mais ansiosa é o que gosto de ouvir porque para além de ter técnicas que me ajudam a acalmar, também é educacional e ajuda a compreender afinal o que é isto da ansiedade e porque é que nos faz sentir isto ou aquilo.

Hi internet and welcome to another post by your service little anxious bundle! Talking about anxiety is one of the topics that brings me passion and the fact that it’s still such a tabu and misunderstood topic, only fuels me to keep talking about it. Over the years and after many conversations with the people around me, I collected some opinions, assumptions and beliefs about anxiety, some funny while others…not so much. But today’s inspiration comes from my favourite podcast, ‘Not Another Anxiety Show‘. When I’m anxious, I really like to give it a listen because it has not only techniques that help me calm down but it is also educational, and it helps us understand what is anxiety and why it makes us feel the way it does.

 

Recentemente, andava eu a navegar nos episódios mais antigos (já que o podcast foi de férias de verão) quando me deparo com o episódio onde as apresentadoras falavam sobre 10 mitos dobre a ansiedade. Podem ouvir o podcast aqui ou, se têm iOS, aqui. Achei tão engraçado que achei que valia a pena falar sobre aqueles que eu tenho encontrado na minha experiência.

Recently, I was wandering through the oldest episodes (since the podcast is on summer holiday), when I came across this episode where the hosts talked about 10 anxiety myths. You can give it a listen here, or here if you have iOS. I thought it was such a good idea that it was worth bringing it here to the blog and talk about some I’ve come across.

 

 

A verdade é que existem tantos mitos sobre a ansiedade que eu nem sabia como começar. Aliás, os próprios mitos em que as pessoas ansiosas acreditam davam pano para mangas, mas aqui, tentei concentrar-me naqueles que são mais comuns (pelo menos na minha experiência) nas pessoas que nos rodeiam. Tentei não os ordenar mas aqui vão, 5 mitos e 5 verdades sobre a ansiedade.

The truth is there are so many myths about anxiety that I didn’t even know where to start. In fact, our own myths as anxious sufferers would make a whole blog post in itself but here I tried to focus on the most common (at least in my experience) from the people around us. I tried not to put them in order so here it goes, 5 myths and 5 truths about anxiety.

 

Mito #1: A ansiedade está toda na tua cabeça | Myth #1: Anxiety is all in your head

Verdade #1: A ansiedade é uma desordem mental | Truth #1: Anxiety is a mental disorder

 

Cada vez que ouço isto de alguém apetece-me dizer ‘uau, obrigada captain obvious’. Claro que a ansiedade está toda na minha cabeça. Acho que isso é o mesmo que dizer que o problema de alguém com a perna partida está todo na perna…duh. Eu sei que muitas vezes, as pessoas que nos rodeiam só querem ajudar e na verdade, o que querem dizer é: o teu medo é irracional e aquilo que estás a sentir é apenas ansiedade e não a realidade mas esta não é a melhor forma porque dá origem a culpas que acreditem, nós já sentimos. Em vez disso, tentem dizer, ‘calma, isto é a ansiedade a falar, está tudo bem e vai passar’ ou ‘podes não estar bem agora mas isso é a ansiedade a actuar, não vai ser assim para sempre’.

Each time I hear this i feel like saying ‘uau, thanks captain obvious’. Of course my anxiety is all in my head. I think that’s the same as saying hey, the problem with your broken leg is…your leg….duh. I know many times people around us just want to help out and in fact what they mean is: your fear is irracional and what you’re feeling is just anxiety and not reality talking but this isn’t the way to go because it just makes us feel guilty and believe me, we already do that on our own. Instead try saying: ‘breathe, this is anxiety talking, you’re okay and it will pass’ or ‘ you may not be okay now and that’s fine, it’s all anxiety and you know it won’t be that way forever’.

 

 

Eu sei que disse que não ia coloca-los por ordem mas oops, para mim esta acho que é dos piores mitos de todos. Porque para além do que disse acima, também tem um quê de get over it. De a ansiedade não ser considerada um problema quando na realidade é uma desordem mental e mais comum do que se pensa.

I know I said I wasn’t going to order them but oops, to me this is one of the worst ones. Because additional to what I said above, it carries a little bit of a ‘get over it’ feeling. A little bit of anxiety not being considered a real problem when in reality it’s a disorder and a more common one that most people think.

 

Mito #2: Devemos evitar o que nos deixa ansiosos vs. Devemos forçar as situações que nos metem medo | Myth #2: We should avoid what makes us anxious vs. We should push through the fear

Verdade #2: Devemos compreender a nossa ansiedade e trabalhar ao nosso ritmo | Truth #2: We should understand our anxiety and go at our own pace

 

Este mito até para nós, que sofremos de ansiedade, é complicado de perceber e combater. Quando a nossa ansiedade está relacionada com alguma situação, lugar ou acontecimento, prendemo-nos muito nestas duas percepções. Ou acreditamos que devemos evitar o que nos faz ansiosos ou então que devemos forçar a situação, num sentimento de just do it (obrigada Nike). E não somos só nós. Às vezes as pessoas que nos rodeiam acreditam o e aconselham ou um ou outro mas a verdade, como de costume, é bem mais complexa.

This myth even to us anxiety sufferers is tricky and difficult to understand and counter. When our anxiety is related to a situation, place or event, we get really caught up in one of these two myths. We either believe we should avoid what makes us anxious or that we should force the situation, in a feeling of just do it (thanks Nike). And it’s not just us. Sometimes the people around us also believe and advise one of these two but the truth, as usual is much more complex than that.

 

 

Quando evitamos a situação em questão a todo o custo, estamos a validar a sensação e percepção que a ansiedade nos dá, estamos em perigo. Quando na verdade não estamos, simplesmente temos medo. Reforçar esta sensação só vai exacerbar a ansiedade. O mesmo acontece quando nos forçamos a “enfrentar” o problema. Quando tentamos confrontar os nossos medos à força, isso pode piorar a nossa ansiedade e dar origem a um trauma que só piora a situação. Em vez disso, devemos lidar com tudo um passinho de cada vez, compreender o nosso ritmo e não nos culparmos se quisermos descansar.

When we avoid a situation at all costs, we validate our anxiety and the feeling it’s giving, that we’re in danger. When in reality we’re not, we’re just scared. Re-enforcing it will only make us more anxious. The same happens if we push ourselves to face our fear at all costs. When we try to force through it, it can make our anxiety worse and traumatize us which only makes things worse. Instead, we should deal with it one step at a time, understand our pace and not blame ourselves for taking a break.

 

Mito #3: Pessoas nervosas têm desordens de ansiedade | Myth #3: Only nervous people have anxiety

Verdade #3: Qualquer pessoa pode sofrer de ansiedade | Truth #3: Anyone can suffer from anxiety

 

Quando digo que sofro de ansiedade, muitas vezes o que me respondem é ‘ah mas não parece nada’. Às vezes a percepção que temos é que só as pessoas visivelmente nervosas é que sofrem de ansiedade, mas qualquer pessoa pode ter este problema. Não precisa de ser nervosa ou de estar sempre preocupada. Afinal, a ansiedade é uma desordem invisível.

When I tell someone I suffer from anxiety, a lot of times I get this response: ‘oh but it didn’t even look like it’. Sometimes the perception is only visibly nervous people suffer from anxiety but anyone can suffer from it. We don’t need to be nervous or even worried all the time. Anxiety is an invisible disorder after all.

 

Mito #4: Pessoas ansiosas sentem ansiedade o tempo todo | Myth #4: Anxious people feel anxious all the time

Verdade #4: Pessoas ansiosas também têm momentos calmos | Truth #4: Anxious people also have calm moments

 

Este mito é frequente em pessoas que nos rodeiam mas também em nós que sofremos de ansiedade. Eu sei que eu muitas vezes dizia para o D. ‘mas eu estou sempre ansiosa’ e mesmo quando estava no meio da lama sabia que isso não era verdade. Existiam momentos calmos, momentos de riso, momentos de sono, mesmo que pequeninos.

This myth is not only frequent in the people around us but also with us anxiety sufferers. I know many times I would say to D. ‘but I’m always anxious’ and even in the middle of the mud that wasn’t true. There were calm moments, laughing moments and even sleepy moments no matter how tiny.

 

 

Mas muitas vezes as pessoas que nos rodeiam também podem ser um pouco mazinhas. Quando encontrei este mito, a conversa corria mais ou menos assim ‘mas como podes estar ansiosa/ter ansiedade estás sempre a rir’ ou ‘ansiedade, tu? mas estás sempre bem’. Mais uma vez aplica-se aquilo que falamos no mito anterior. Não conseguimos olhar para ninguém e adivinhar quem sofrem de ansiedade 😉

But many times the people around us can sound a little mean. When I came across this myth, the conversation was a little like this ‘but how can you be anxious/have anxiety when you’re always laughing’ or ‘anxiety, you? but you’re always fine’. Again, the same applies as the former myth. We can’t look at anyone and guess who has anxiety 😉

 

Mito #5: As pessoas que têm ansiedade são fracas | Myth #5: People who have anxiety are weak

Verdade #5: A ansiedade nada tem a ver com a força mental | Truth #5: Anxiety has nothing to do with mental strength

Acho que nesta altura já estão a perceber a ideia. A ansiedade é uma desordem e nada tem a ver com a força mental de quem sofre. É como dizer que as pessoas que sofrem de diabetes são fracas de corpo. É apenas uma condição e nada tem a ver com a vontade, capacidade ou personalidade das pessoas.

I think you get the point by now right? Anxiety is a disorder and it has nothing to do with mental strength. Saying anxious people are mentally weak is like saying people with diabetes are bodily weak. It’s just a condition and it has nothing to do with will, ability or personality.

 

 

 

E aqui está, 5 mitos e 5 verdades sobre ansiedade. E vocês já encontraram diferente?

And here it is, 5 myths and 5 truths about anxiety. Do you have some different ones?

XOXO,

J.



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *