Arrábida para além das praias | Arrábida Beyond the Beaches

Arrábida para além das praias | Arrábida Beyond the Beaches

Com a chegada do bom tempo, vem também a vontade de passear mais e de conhecer sítios novos. Já basta passar a semana inteira  no escritório, por isso tento aproveitar os meus fins de semana ao máximo! Num destes fins de semana mais calorentos, decidimos ir até à Arrábida e ir espreitar sítios que ainda não tínhamos ido. Não foi preciso sair muito cedo, mas como planeávamos passar algum tempo por lá, optámos por fazer umas sandes e fazer depois um picnic.

With the good weather comes also the will to spend more time walking around and getting to know new places. I’ve had enough of office during the week to spend my weekends at home, so I try to take the most out of my time during the weekends! In one of these sunny Sundays, we’ve decided to go to Arrábida and know spots we had never been. We didn’t leave early mas as we planned to spend some time there, we made sandwiches and planned to do a picnic over there.

 

A caminho do nosso primeiro ponto, passámos também pelo Convento de Nossa Senhora da Arrábida. Parece um sítio lindo de ser visitado, que lembra muito as quintas e palácios de Sintra. No entanto, estava fechado, pelo que seguimos caminho. A primeira paragem foi então no Miradouro do Portinho da Arrábida. Este sítio fica à beira da estrada Nacional 379-1, que percorre a Serra da Arrábida, e não é mais do que um ponto que tem uma vista fantástica sobre as praias da Arrábida. A particularidade deste miradouro é mesmo a estrutura em madeira que permite tirar fotos giríssimas! Mas atenção: parte desta estrutura é super inclinada e não tem propriamente muita segurança, por isso se forem aqui, tenham cuidado com as maluqueiras que quiserem fazer :-p Outro aspeto a ter em conta é o estacionamento do vosso carro ou mota. Apesar de que quando chegámos não estavam lá muitas pessoas, o parque de estacionamento estava cheio (dá para 4 ou 5 carros), por isso andámos mais uns metros e deixámos o nosso num recanto em terra, na berma da estrada.

On the way to our first spot, we passed through Convento de Nossa Senhora da Arrábida. It seems like a beautiful place to visit, that seems a lot like the palaces of Sintra, however it was closed. Then, our first stop was Miradouro do Portinho da Arrábida. It is located somewhere on the N379-1 road and it is no more than a sightseeing spot that has an amazing view over Arrábida’s beaches. The uniqueness of this place is a structure made of wood that has a very sloppy look that allows you to take amazing pics! Please be aware that this platform is very steep  and has little security, so if you are adventurous enough to climb your way down and up, be careful 🙂 Another thing you have to be aware of is the parking lot. It only has space for 4 or 5 cars, so if this places gets crowded, just drive a little further until you find a safe spot to leave your car 🙂

A segunda paragem foi a Sétima Bataria do Regimento de Artilharia de Costa de Outão. É uma antiga unidade de defesa do exército militar português que servia de ponto de vigia sobre os portos de Lisboa e Setúbal. Como tal, tem uma vista privilegiada sobre o Atlântico, que deixam qualquer um encantado. Encerrou a sua atividade em 1998, mas não fechou as portas. Apesar de hoje estar totalmente vandalizado, é possível entrar no forte, caminhar pelos pátios de treino e ainda passar por entre os grandes canhões. Quando chegámos ainda não havia lá muita gente, mas com o avançar da tarde deixou de haver espaço para os carros estacionarem. Talvez durante a manhã consigam ter o espaço mais só para vocês, eu pelo menos gostaria de lá voltar por essas horas mais matinais (e a luz para as fotografias também será diferente eheh).

Our next stop was the Sétima Bataria do Regimento de Artilharia de Costa de Outão. This is an old unit of military defense from the Portuguese Army that used to be a watch point over the Lisbon and Setúbal’s harbors. As such, it has a privileged view over the Atlantic Ocean! It ended its military activity in 1998, but it did not close its doors. Even though nowadays it is totally vandalised, it is possible to walk around and see the old gears and building. When we arrived there were very few people, however, as the afternoon went by, we saw a lot of people coming, until there was absolutely no space to park the car… So our suggestion would be for you to arrive as early as possible or at lunch time. The morning has the advantage of the light for the photos eheh and believe me: it has a lot of cool spots to shoot!

A seguir, o nosso objectivo era ir até uma das praias e fazer o nosso picnic. No entanto, assim que fomos apanhar a estrada que dá acesso às praias, rapidamente nos apercebemos que tal não iria acontecer. Havia tanto trânsito e os parques de estacionamento estavam tão cheios, que rapidamente perdemos a vontade de parar. Nisto, iniciámos o nosso caminho de regresso a casa. Algures a meio ainda fizemos uma paragem num miradouro que muito honestamente não sei o nome… Parámos porque vimos algumas pessoas paradas e a entrar por uns caminhos de cabra, serra a dentro. Decidimos ir explorar também e fomos parar a um outro miradouro meio escondido. Fica mesmo na berma de uma arriba e, tal como seria de esperar, tinha uma vista muito gira sobre o oceano 🙂

Our goal was to end our walk in a beach and eat our sandwiches. However, when we arrived to the road that leads to the beaches, we soon realized it would be an impossible thing to do. There was so much traffic and the parking lots were so full that we gave up our idea and began our way back home. We ended up stopping again further ahead to discover a hidden place we saw a few people go. It basically leads to the edge of a cliff that has an amazing view over the ocean!

Lá está, a Arrábida é muito isto: explorar aquilo que a Natureza tem para dar. E neste caso é mesmo fauna e flora única, e paisagens lindas de morrer! A cada curva e contra curva nesta serra, temos pequenos pontos de paragem com vistas fantásticas, por isso se não conseguirem parar num ponto, têm muitos outros com vistas privilegiadas! A hora a que vão também vai influenciar o vosso passeio. Nós saimos de casa por volta das 10:30/11h e não apanhámos trânsito (vá, só até à ponte 25 de Abril…) nem muitas multidões (com excepção das praias), o que ajudou a tornar o nosso passeio ainda mais giro 🙂 Quanto ao picnic? Acabámos a comê-lo no carro, a caminho de casa ahah

There you go, Arrábida is pretty much this: explore what nature has to give. In this case is unique fauna and flora, and breathless landscapes! At every corner there is a place to stop with amazing views! Just be sure you arrive there at a perfect time so that you don’t find too many people. We arrived there around 12 pm and were lucky enough not to get to much traffic (except in the access to the 25 April Bridge) nor a lot of people (exception made to the beaches), which made our walk a lot nicer 🙂 As for the picnic? We ended up eating it in the car, on our way home ahah

 

xoxo,

P.

 

P.S. Já subscreveste? Insere o teu e-mail e és notificado cada vez que temos novidades! Também estamos no instagram em @triodavidairada e no facebook.

P.S. Have you subscribed? Insert your email and you will be notified every time we have news! You can also follow us on Instagram @triodavidairada and on  facebook.



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *