Londres em 2 dias

Londres em 2 dias

Londres é daqueles destinos a ir pelo menos uma vez na vida. E é daqueles sítios que vale sempre a pena voltar várias vezes, porque há sempre novidades e coisas novas para ver e visitar. Estive em Londres pela terceira vez e julgo ter sido a que menos tempo fiquei, pelo que foi tudo visto assim muito por alto. Fomos aos pontos principais da cidade e visitámos alguns sítios onde eu também nunca tinha ido. Aqui está o nosso itinerário:

London is one of those destinations you have to go at least once in your life. And it is totally worth to go back to several times, because there is always something new to see or visit. This was my third time in London and I think this may well be the one time I was there for the least amount of time. We visited a few of the main spots and I could also visit a few places I had never been to. Here is our itinerary:

Foto de Pedro Azevedo

Dia | Day 1

Saímos bem cedo de Lisboa, mas entre atrasos de aeroporto, arranjar bilhetes de metro e chegar até ao alojamento, passou a manhã quase toda. A viagem entre Heathrow e o South Kensington (a zona onde ficámos alojados) demorou cerca de 40/50 minutos, por isso assim que chegámos ao hotel, deixámos a nossa mala e demos corda aos sapatos. Seguindo sempre junto ao Hyde Park, fomos em direção ao Buckingham Palace. Pelo caminho passámos no Harrods e claro que tínhamos de entrar! Para quem não conhece, o Harrods é um centro comercial que ocupa praticamente um quarteirão e que tem de tudo um pouco: desde as melhores marcas da moda, até à restauração e floristas. Só pela decoração das salas, vale muito a pena perder algum tempo a passear aqui.

We left Lisbon early in the morning, however, among airport delays, getting underground tickets and arrive to our hotel, the morning was almost gone. The trip between Heathrow and South Kensignton (where we stayed) took almost 50 minutes, so as soon as we got to the hotel we left our luggage and began our sightseeing. Following alongside Hyde Park, we went towards Buckingham Palace. Somewhere along the way, we stopped at Harrods, a block-sized shopping mall. It has a little bit of everything: from the biggest fashion brands in the world, to food and flowers. Just because of the decor, this is really worthy to visit!

O Buckingham Palace é realmente majestoso e acaba por ser inevitável imaginar aquela praça cheia de gente para ver a família real. Todos os dias pelas 11h acontece o render da guarda, uma cerimónia durante a qual os guardas do palácio são substituídos por outros. É uma cerimónia gira de se ver, mas dado que já chegamos bem depois dessa hora, seguimos o nosso caminho em direção ao relógio mais famoso do mundo!

The Buckingham Palace is really majestic and it is innevitable not to picture the royal family waving from the main balcony. Everyday at 11am the guards are replaced in a brief ceremony. This is quite cool to see, but as we got here later, we did not had the cance to see it. Having that, we kept going towards the most famous clock in the world!

Foto de Pedro Azevedo

A caminho do Big Ben acabámos por passar pela Westminster Abbey, uma das catedrais mais imponentes de Londres. Dá para ser vista por dentro, mas além de se pagar bilhete para entrar, as filas são tão grandes que acabamos por passar isto ao lado. Ao fundo da catedral já conseguimos ver o Big Ben. Tivemos algum azar porque a torre está a sofrer trabalhos de recuperação e só deixaram mesmo o relógio à mostra…. Atravessámos a Westminster Bridge e lá fomos ao London Eye. O facto de termos comprado os bilhetes online facilitou de alguma forma o processo, no entanto não nos escapámos à fila para entrar na roda gigante. Num percurso que demora cerca de 30 minutos, temos uma perspectiva da cidade muito bonita. Se vale a pena os 30€ que pedem? Tenho dúvidas 😛

On our way to Big Ben we walked by Westminster Abbey, one of the most amazing cathedrals of London. It can be visited but you’ll have to pay a fee and the waiting lines are so long we just saw it on the outside. Near the abbey is the Big Ben, the most famous clock in the world. Bad luck for us, it was covered for maintenance works…. So, we crossed the Westminster Bridge and went to the London Eye. The fact that we bought our tickets online made the process a lot easier, however we couldn’t escape the waiting line to get in the capsule. The complete rotation will take 30 minutes and we get a very beautiful view over the city. If it is worthy of the 30€ we payed? Not sure… 😛

Foto de Pedro Azevedo
Foto de Pedro Azevedo

Como eu sou uma pessoa que gosta de aproveitar todos os pedacinhos, decidimos subir a Trafalgar Square e a Picadilli Circus em direção à Oxford Street. Estas são duas das principais praças de Londres, super movimentadas e muito giras, principalmente a Picadilli à noite com os seus painéis luminosos. Não parámos muito em cada uma e seguimos caminho. Eu queria muuuuito ir à loja da Victorias’ Secret (abriu cerca de um ano depois de ter estado a última vez em Londres), por isso esse foi o nosso destino. Prometi ao meu namorado que não demorava muito, mas o que posso fazer?! Eu adoro a marca, os desfiles, os produtos, as lojas…. enfim, ficámos lá mais ou menos uma hora ahahah! E saí uma mulher muito mais feliz, confesso 😛 Já a arrastar os pés com os muitos quilómetros feitos nesse dia, percorremos a Oxford Street cheia de lojas das mais variadas marcas em direção ao Hyde Park, que atravessámos para voltarmos ao nosso alojamento.

As I am a person that loves to enjoy every minute, we decided to cross the Trafalgar Square and Picadilli Circus towards Oxford Street. These are two of the most famous squares of London, very crowded and super cute, especially Picadilli, at night, with its publicity panels. We did not stop for long in these spots because we were very tired already and because I really wanted to go to Victorias’ Secret store. I promised my boyfriend I would not be there very long, but what can I do?… I love the brand, I love the fashion shows, I love their products, I love their stores…. all in all we stayed there for about one hour ahah! And I left a much happier person, I confess 😛 We were very tired from this long day, so we crossed Oxford Street (which has a lot of stores from a lot of different brands) and Hyde Park and went straight to the hotel.

Foto de Pedro Azevedo

Dia | Day 2

O nosso segundo dia em Londres começou bem cedinho! No fim de semana tinha conseguido reservar mesa para tomar o pequeno-almoço num dos bares do Sky Graden, o jardim público mais alto de Londres. Esta foi uma experiência nova para mim e adorei! Apesar de a entrada ser gratuita, tem de ser reservada online com uma semana de antecedência. E como chegámos muito cedo, tivemos o espaço quase todo só para nós 😛 A única desvantagem foi que o dia acordou muito nebulado, pelo que o amanhecer que eu tinha imaginado não se concretizou… Ainda assim, deu todo um ambiente místico muito interessante!

Our second day in the city started very early in the morning! In the previous weekend I managed to book a table in one of Sky Graden’s bars, the highest public garden of London. Even though the entrance is for free, it has to be booked online with a week in advance.  This was a new experience for me in the city and I loved it, especially because we got there very early and we had almost the entire space for ourselves. The downside of it was that the weather was very foggy so the sunrise I pictured in my mind never happened…. However, the fog gave it a mysterious environment!

 

Foto de Pedro Azevedo

 

De barriga cheia, passámos pela Tower of London (onde estão guardadas as jóias da rainha) e pela Tower Bridge que, até hoje, ainda não consegui visitar os bastidores (tem de haver desculpa para lá voltar, certo? 😛 ). Foi aqui que o sol começou a aparecer, pelo que decidimos fazer o percurso sempre junto ao rio Tamisa até ao Shakespeare’s Globe. Trata-se de uma réplica da primeira casa de representação na cidade de Londres, situada a poucos metros do local onde estava o teatro original. Foi nesse “primeiro” Globo que Shakespeare viu a maioria das suas obras serem representadas e foi, inclusivamente, durante uma atuação da peça Henry VIII que se deu início a um incêndio que viria a destruir o edifício por completo. Em 1997, a própria Rainha de Inglaterra inaugurou este espaço que hoje serve tanto de teatro com de museu. Eu já lá tinha estado anteriormente e as visitas guiadas são muito interessantes, até porque o espaço está tão fiel ao original quanto possível.

With our bellies full, we stopped by the Tower of London (where the Queen’s Jewels are kept) and by the Tower Bridge, which up to today, I haven’t been able to visit its behind the scenes (there has to be a reason to come back, right? :-P). By this time, the clowds fully disappeared, so we took the walk by the river Thames all the way to Shakespeare’s Globe. This is a replica of the first house of representation in the city of London, located a few yards from where the original theater was. It was in this “first” Globe that Shakespeare saw most of his works being performed and it was even during a performance of the play Henry VIII when a fire started from a malfuction and that would destroy the building altogether. In 1997, the Queen of England inaugurated this space that today serves as both theater and museum. I had already been there previously and the guided tours are very interesting, even because the space is as true to the original as possible.

 

Atravessando a Millenium Bridge, damos de caras com a Catedral de São Paulo. Esta é uma das vistas que mais gosto em Londres e acho que é mesmo pela imponência desta catedral. Já cansados de andar a manhã inteira, decidimos apanhar o metro ir até ao Madame Tussaud, o museu de figuras de cera mais famoso do mundo! É verdade que existem vários Madame Tussaud em várias cidades do mundo, mas o principal e o original é este em Londres, criado por Marie Tussaud, em 1835. Neste museu podemos encontrar algumas das figuras mais importantes do cinema, da música, da política e do desporto, como Audrey Hepburn, George Clooney, Nicole Kidman, família real Britânica, Usain Bolt, Lewis Hamilton…. enfim, todas as figuras estão extremamente bem conseguidas e vale bem o tempo aqui passado. Antes costumava haver ainda uma sala mais dedicada ao terror que agora foi substituída por figuras do Sherlock Holmes (o filme) e do Star Wars. E por falar em Sherlock Holmes, quem vai ao Madame Tussaud tem de passar pela 221b Baker Street (é ali mesmo ao lado) e visitar a casa do carismático inspector!

Crossing the Millenium Bridge, we face St. Paul’s Cathedral. I am not sure exactly why, but this view of the cathedral at the end of the millenium bridge is one of my top views of London. By now we were very tired of walking, so we decided to catch the underground and go visit the Madame Tussaud (MT). This is the most famous wax-figure museum of the world, created by Marie Tussaud in 1835 here in London. Nowadays, every MT has wax figures of some of the most important people in the areas of movies, music, politics or sports! And the representations are so real! There used to be also a horror room, but it must have been replaced by two, dedicated to Sherlock Holmes (the movie) and Star Wars. And speaking of Sherlock Holmes, if you are at MT, you must go to 221b Baker Street (just around the corner) and check the Inspector’s museum 😛

Terminámos este dia sentados no Hyde Park. Além de cansados, queríamos muito ver os esquilos que habitam o parque! Já os tínhamos visto no dia anterior, mas eles fugiram antes que nos pudéssemos aproximar… Neste dia, também não fomos muito bem sucedidos 🙁 Depois de quase uma hora a descansar e a aproveitar o ambiente relaxado do Hyde Park, voltámos para South Kensington. Combinámos um encontro com uma amiga que vive lá e pusemos a conversa em dia “ao som” de umas pints de cervejas e do famoso Fish and Chips.

We ended this day seated at Hyde Park. Besides being tired, we really wanted to see the squirrels that inhabit this park! We saw them the previous day, but they ran away before we could get any closer… On this day we were not very successful as well 🙁 After nearly one hour resting and enjoying the relaxed environment of the Hyde Park, we returned to South Kensington. We met up with a friend of ours that lives there and went for a pint of beer and Fish and Chips.

Dia | Day 3

O nosso último [meio] dia em Londres foi bem mais relaxado. Fizemos o check out cedo, pedimos para nos guardarem as malas e fomos à procura de um sítio para tomar o pequeno almoço. Encontrámos um café ali perto do nosso hotel super amoroso, Brown’s & Rosie, e, apesar de nos dizerem logo que não havia café (aparentemente era a especialidade da casa), fomos tão bem atendidos, que decidimos ficar ali mesmo. Foi a melhor decisão que tomámos porque além de os pratos serem muito bem servidos, a comida estava deliciosa! Recomendamos e sabemos que quando voltarmos a Londres, será um local de passagem [quase] obrigatória 😛

Our last [half] day in London was much more relaxed than the other ones. We checked out early in the morning, we asked the hotel to keep our bags for a few hours and went for breakfast. We found a really cute coffee shop nearby our hotel, called Brown’s & Rosie, and, even though we were told they were out of coffee (apparently it is the house specialty), the waitress was so nice to us that we ended up staying there. It was indeed a very good decision, because the food was delicious! We highly recommend it and we know that whenever we come back to London, we will be back there 😛

Foto de Pedro Azevedo

Depois deste pequeno almoço, fomos para o meu sítio preferido em toda a Londres: o Museu de História Natural! Lembro-me da primeira vez que ali fui e de ficar totalmente impressionada com a arquitectura e a atenção ao detalhe! O edifício é lindo por fora e por dentro, as colecções são incríveis e é totalmente gratuito. E se antes éramos recebidos por um esqueleto enorme de dinossauro, agora somos igualmente bem recebidos pelo esqueleto de uma baleia azul! Escusado será dizer que passámos lá o resto da manhã 🙂 Acabámos por não visitar o Museu da Ciência, mesmo ali ao lado, porque tínhamos ainda de apanhar um autocarro até Oxford, onde familiares esperavam por nós. No entanto, deixo a recomendação: visitem esse museu também porque vale muito a pena 😉 

After this amazing breakfast, we went to my favourite place in London: the Natural History Museum! I remember my first time there and being totally amazed by the architecture and attention to detail of the building, inside and out! And if before we were welcomed by a dinossaur skeleton, nowadays we are welcomed by a blue whale skeleton. This museum is beautiful in all aspects, the collections are incredible and the entrance is for free! Of course we stayed there for the whole morning 😛 Right next to the NHM, is the Science Museum. We did not visit it this time, however I highly recommend it 😉

 

A nossa curta estadia em Londres terminou com um almoço rápido no Hyde Park. Foram dois dias muito intensos mas muito bem aproveitados. Deu para ter uma visão geral da cidade, passámos nos pontos principais e, por uma questão de poupança de tempo e dinheiro, abdicámos da entrada em algumas atracções. Não que nos importemos, pois, tal como disse anteriormente, tem de haver uma desculpa para lá voltar… certo? 😉

Our short staying in London ended with a quick lunch at Hyde Park. It was two intense but well spent days. We were very lucky with the weather and we could see the main sightseeings of the city. In order to save some time and money, we abdicated visiting a few attractions. However, like I have said before, there must be a reason to come back…. right? 😛 

 

Dicas | Tips

#1

Londres é uma cidade muito plana, pelo que é relativamente fácil fazer a cidade a pé. Ainda assim, os pontos mais turísticos não estão todos assim tão perto uns dos outros quanto isso, pelo que o melhor mesmo é comprarem um Oyster card (é semelhante ao Lisboa Viva). Podem comprar nas máquinas do metro (nós comprámos logo no aeroporto) e carregá-lo com o valor que quiserem. Estes cartões dão para metro e autocarros! E a melhor parte? Quando forem embora, podem levantar o dinheiro que vos sobrou! Se for superior a £10, terão de ir a um balcão de apoio ao visitante (em Heathrow há um mesmo à entrada do metro) e eles devolvem-vos o dinheiro para o vosso cartão de multibanco. A segunda melhor parte? Nestes balcões ainda devolvem o dinheiro do próprio cartão (£5) 😛

London is very easy to walk by foot. Still, the main touristic points are not that close to each other, so the best for you is to buy an Oyster card. You can buy them at any tube machine (we bought it at the airport) and top it with the amount of money you want. These cards may be used at the underground and buses. The best part?! When you leave, you can get the money you didn’t spend back. If the card has more than £10, you’ll have to go to the visitors place (Heathrow has one just at the entrance of the subway) and they’ll give your money back. The second best part?! In these visitors spaces, they will also return the value you first paid for your Oyster card (£5) 😉

 

#2

Se, como nós, estão habituados a jantar às 21h ou mais tarde, tenham em atenção que a maioria dos restaurantes e pubs fecham a essa hora ou até mais cedo! 

If, like us, you are used to have dinner at 9 pm or later, be aware that most restaurants close at that time or even earlier!

 

#3

Caso queiram visitar o Sky Garden, mas os bilhetes online já estejam esgotados, podem sempre fazer uma reserva para uma mesa num dos bares ou restaurantes. Eis as vantagens:

In case you really want to visit the Sky Garden, but the online tickets are sold out, you can always book a table at one of its bars or restaurants. Here are the advantages in doing so:

  • o horário normal das entradas é das 10h às 18h, pelo que marcar mesa antes das 10h e depois 18h permite-nos visitar o espaço com mais calma e menos pessoas | the main schedule for visiting SG is from 10 am to 6 pm. When booking a table, you can do it as soon as 7 am and as late as 11.30 pm, which allows you to see the space with a lot less people
  • podemos entrar uma hora antes e ficar até uma hora depois da marcação | we can get in an hour earlier than our reservation and stay up to one hour after
  • quanto mais cedo marcarem, menos pessoas irão encontrar, mais rápido passam a segurança e mais fotos incríveis vão conseguir tirar 😛 da próxima vez que lá for, irei marcar de tarde só para ver o pôr-do-sol eheh | the sooner you arrive, the less people you will find, the faster you’ll get through security and the more incredible photos you’ll take 😉

 

Já visitaram Londres? O que mais gostam ou o que mais gostavam de ver nesta cidade? 🙂

Have you been to London? What do you like the most about it and/or what would you love to see there? 🙂

 

xoxo,

P.

 

P.S. Já subscreveste? Insere o teu e-mail e és notificado cada vez que temos novidades! Também estamos no instagram em @triodavidairada e no facebook.

P.S. Have you subscribed? Insert your email and you will be notified every time we have news! You can also follow us on Instagram @triodavidairada and on  facebook.

 



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *