Veneza em 24H

Veneza em 24H

Veneza é uma cidade de sonho! À semelhança de Milão, tivemos apenas um dia para ver esta cidade, mas desta vez contámos com a ajuda da nossa amiga e de uma amiga dela (ambas portuguesas a estudar em Itália de Erasmus). Aproveitando o facto de elas já terem estado antes em Veneza, tanto nos levaram aos sítios mais emblemáticos da cidade, como nos mostraram também sítios mais escondidos e longe das multidões que Veneza já tinha em pleno Maio.

Venice is such a dream city! Like Milan, we only had a day to explore Venice. However, this time we had our friend and a friend of hers (both Erasmus students) to help us out around the city. Taking advantage of the fact that they had already been there exploring intensively the city, they took us to the main attractions of Venice, but also to amazing spots away from the crowds Venice already had in May.

Quanto mais cedo se chegar a Veneza, melhor! Deixámos o carro num parque de estacionamento 24h fora do centro turístico e fomos a pé daí até “Veneza centro”. Eis o roteiro que fizemos:

The sooner you get to Venice, the better! In the morning, we left our car in a 24h park just right outside the city center and walked our way there. Here is our itinerary:

 

Piazza San Marco

Este é bem capaz de ser o maior ponto atractivo de Veneza! Esta praça é enorme e, diga-se assim de passagem, linda de morrer. É aqui que encontramos a Torre do Relógio, a Basílica de São Marcos, o Palazzo Ducale e o Campanário de São Marcos. Estes três últimos monumentos podem ser visitados por dentro, mediante pagamento de bilhete. No entanto, e como podem imaginar, as filas são tão grandes que não quisemos entrar em nenhum. De notar que podem subir os muitos degraus do campanário (a torre que está na praça) e no fim são recompensados por uma vista lindíssima. Se tivéssemos ido sozinhos, teríamos subido, mas como fomos com duas guias fantásticas, elas levaram-nos a um outro sítio com uma vista espectacular e, a melhor parte, é gratuita! Mas já lá vamos 😉

This may well be the most iconic sightseeing of Venice! This Piazza is huge and so so beautiful! It is here where we find the Clock Tower, St Mark’s Basílica and St Mark’s Campanile. These last three monuments can be visited inside as long as a fee is paid. However the waiting lines were so big we did not visit any of those. If you want to climb the stairs of the campanile you will be rewarded with an amazing view over the square, and we would have done it if it wasn’t for our tour guides, who took us to other place also with an amazing view. The best part of it?! It was for free! But we will get there 😉

Foto by Pedro Azevedo

Foto by Pedro Azevedo

Campo San Giovanni & Paolo

Deixando a Piazza San Marco para trás e passando pela famosa Ponte dos Suspiros, seguimos o nosso caminho até à outra ponta da cidade. No Campo San Giovanni e Paolo, uma das maiores praças de Veneza, espera-nos um dos edifícios mais bonitos que vi: a Scuola Grande di San Marco. Antiga Confraternidade de São Marcos, tornou-se, em 1819, num hospital militar e é, hoje em dia, um hospital civil. Além de ter uma fachada linda, podemos entrar na ala principal e ver como é imponente [também] por dentro. Na verdade acabámos por ir um pouco mais além e fomos até um dos pátios interiores do hospital 😛 Enfim, se algum dia tiver de ir para um hospital, que seja este… Contornando o hospital, junto ao canal, acabamos por encontrar uma pequena ponte com vista para uma das muitas ilhas que compõem Veneza e que tem o  cemitério principal da cidade, o Cemitério San Michele.

Leaving Piazza San Marco and walking by the famous Bridge of Sighs, we walked all the way to the opposite side of the city. At Campo San Giovanni and Paolo, one of the largest squares of Venice, we are awaited by one of the most beautiful buildings I have seen lately: the Scuola Grande di San Marco. An old Confraternity of St Mark, it became in 1819 a military hospital and it is, today, a civil hospital. Besides its beautiful facade, we can get in the main entrance for free and see how imposing it also is from the inside. Actually, we ventured a little bit further into one of the interior yards of the hospital 😛 Well… If I ever need a hospital, this could the one…. Surrounding the hospital near the river, we find a bridge with views for one of the many islands of Venice, which has the main cemitery of the city, the San Michele Cemitery.

Foto de Pedro Azevedo

Foto de Pedro Azevedo

Acqua Alta 

A caminho do almoço, decidimos fazer um pequeno desvio para ver uma das livrarias mais antigas da cidade, a Acqua Alta. Para quem é amante de livros, este sítio é para vocês! Para quem tem alergias ao pó ou para quem tem distúrbios obsessivo-compulsivos com arrumações, talvez não seja o melhor para vocês ahah 😛 tudo porque esta livraria tem pilhas e pilhas de livros, velhos e novos, espalhados por duas grandes alas e separados por uma gôndola! Além disso tem uns cantinhos de destaque, como aquela janela com vista para o canal. Para o nosso almoço, queríamos experimentar algo local, mas longe das confusões de turistas. Foi-nos sugerido o restaurante Paradiso Perduto, na Fondamenta Misericordia, e foi uma delícia! 

On the way to have lunch, we decided to make a small detour to see one of the oldest bookstores in the city, Acqua Alta. For those who love books, this one is for you! For those who have allergies to dust or those who have obsessive-compulsive disorders with tidying up, it may not be the best for you. Ahah 😛 Everything because this bookstore has stacks and piles of books, old and new, scattered over two large, separate wings by a gondola! In addition there are some prominent corners, like that window overlooking the canal. For our lunch, we wanted to try something local, but away from the confusion of tourists. We were suggested the restaurant Paradiso Perduto, at Fondamenta Misericordia, and it was a delight!

Foto de Pedro Azevedo
Foto de Pedro Azevedo

Ponte di Rialto

Lembram-se do vos ter mencionado que as nossas amigas nos iriam levar a um miradouro gratuito em Veneza? Pois bem, chegou a hora de subirmos ao último piso do centro comercial Fondaco dei Tedeschi, subir ao pátio e deslumbrarmo-nos com a vista! Este é um dos edifícios mais icónicos de Veneza e fica mesmo junto à Ponte do Rialto, no Grand Canal! Por isso mesmo, depois dos 15 minutos a que tínhamos direito no terraço, fomos à tão famosa Ponte do Rialto, cheia de lojinhas de recuerdos e bugigangas. 

Do you remember when I told you our friends would take us to a free terrace in Venice? Well, it was time for us to climb all the way up of the iconic Fondaco dei Tedeschi, go up to the terrace and be amazed by the view. This shopping mall e right next to Ponte di Rialto, at Grand Canal, so once our 15 minutes were done, we crossed the most famous bridge of Venice.

Basílica di Santa Maria della Salute

Já com muitos quilómetros feitos nas pernas, deixamos o Grand Canal e fomos em direção à Basílica di Santa Maria della Salute. Esta basílica imponente fica numa ponta da cidade e, por isso mesmo, tem uma vista incrível tanto para a Praça de São Marcos como para a ilha de Giudecca. Daqui é possível ver todo o movimento que as águas de Veneza experienciam e soube muito bem parar e sentar um bocadinho para podermos assimilar este dia tão cheio! Começou a trovejar e a chover, pelo que nos apressámos de volta ao carro. Ainda tínhamos uma viagem grande a fazer até Bolonha 🙂

With a lot of kilometers in our legs, we left the Grand Canal and went towards the Basilica of Saint Mary of Health. This huge basilica lays on one edge of the city, so it has an amazing view to Piazza San Marcos and Giudecca. From there it was possible to see all the sea traffic Venice waters experience all day long and it was a joy for us to sit and appreciate a little bit of the amazing day we just had. Thunder storms were coming our way, so we rushed to the car. After all, we still had to travel back to Bologna 🙂

Foto de Pedro Azevedo

 

Dicas & Fun Facts | Tips

#1

Entrar de carro no centro histórico de Veneza é proibido. Se estão a viajar de carro, há vários parques diferentes e relativamente perto do centro, onde podem deixar o carro e ir conhecer a cidade de forma mais descontraída. O parque em que deixámos o carro estava aberto 24h e a tarifa máxima era de 21€.

Arriving at Venice by car is only allowed if you park the car outside the city center. There are several different parks just outside the city where you can leave the car for a few hours or for the whole day, which we did. We parked our car on a 24h park and payed the maximum fee: 21€.

 

#2

Não se esqueçam de levar um mapa convosco! Veneza é uma cidade um pouco confusa, cheia de labirintos de ruas e de canais, estreitos ou mais largos, que nos podem deixar completamente desorientados. Algumas ruas têm indicações nas paredes para pontos principais como a Praça de São Marcos ou a Ponte do Rialto, mas se querem chegar a sítios diferentes daqueles mais turísticos, vão precisar de um mapa da cidade! Dica extra para quem gosta de mapas em papel: os mapas podem ser bastante caros! Eu acabei por comprar o meu numa livraria antiga e custou-me 2€, no entanto vi mapas a mais de 10€…

Don’t forget to get a city map! Venice is a city that can get confusing with their labirinths of streets and canals. Some streets have signs directing to main spots like Piazza San Marco or Ponte di Rialto, but if you want to get to different places away from the crowds, you will definitely need a map. Bonus tip for those who like paper maps: the city maps can be quite expensive. I bought mine at an old bookshop and cost me 2€, however I found maps being sold at more than 10€…

 

#3

Evitem comprar ou consumir o que quer que seja na Piazza de San Marcos. Tudo é exageradamente caro 😛

Avoid consuming anything at Piazza San Marco. Everything is super overpriced 😛

 

#4

A Fondamenta Misericordia, a rua onde almoçámos, tem vários restaurantes giros, com comida mais típica de Veneza e fica longe das multidões. Recomendamos também o Al Timon Bragozzo, caso queiram provar as Cicchetti (lê-se chiqueti), uma espécie de tapas.

The Fondamenta Misericordia, the street where we had lunch, has several cute restaurants, with typical food and has the advantage of being a quieter street. We also recommend Al Timon Bragozzo in case you want to eat the cicchetti (reads chi-KET-tee), local appetizers.

 

#5

Aqui entre nós…. se quiserem evitar a fila no Fondaco dei Tedeschi, podem sempre reservar um dia e uma hora específica 😛 Vejam como, aqui.

Tell no one… If you want to avoid the lines at Fondaco dei Tedeschi, you can always book a day and time to visit the terrace 😛 Check out how here.

 

#6

Se tiverem mais tempo, não hesitem em apanhar um ferry e visitem outras ilhas, como Murano ou Giudecca.

If you have more time, don’t hesitate on catching a ferryboat and visit nearby islands such as Murano or Giudecca.

 

#7

Andar de gôndola em Veneza é daquelas coisas que está na bucket list de qualquer turista. Eu já tinha riscado isto da minha lista da primeira vez que fui a Veneza, e desta vez acabámos por não o fazer tanto para poupar tempo como dinheiro. O preço que pagam pela viagem depende muito daquilo que quiserem incluir: o tipo de percurso, o tempo que demora, o gondoleiro a cantar… Regateiem bem e pode ser que consigam um valor acessível (penso que não vão pagar menos de 80€…)

Seeing Venice in a gondola is one of those things any tourist will want to do. I did it when I first went to Venice and this time we did not do it, both to save some time and to save some money. This activity is not cheap and the price youo’ll pay will depend on what you want during the trip: route, singer, time… Make sure you negociate the price before you get in the gondola (I believe the minimum is 80€) 😉

 

#8

A Ponte dos Suspiros é assim denominada porque, segundo reza a lenda, através da janela, os prisioneiros tinham a última vista sobre Veneza antes de entrarem nas suas celas.

The Bridge of Sighs is called that way because, through its window, prisioners had the last view of Venice before entering their cells.

 

#9

Já repararam que Veneza centro se assemelha a duas mãos dadas? Ou, também, a um peixe? 😛

Have you noticed that the city center of Venice looks a lot like two hands together? Or a fish? 😛

 

Já têm vontade de ir a Veneza?  🙂

Have you ever been to Venice? How excited about this city are you? Tell us all in the comments bellow 🙂

 

xoxo,

P.

 

P.S. Já subscreveste? Insere o teu e-mail e és notificado cada vez que temos novidades! Também estamos no instagram em @triodavidairada e no facebook.

P.S. Have you subscribed? Insert your email and you will be notified every time we have news! You can also follow us on Instagram @triodavidairada and on  facebook.



5 thoughts on “Veneza em 24H”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *